Extensão

Os programas de extensão das Faculdades Integradas de Taquara – Faccat visam à complementação e ou à aquisição de conhecimentos em diversas áreas, atingindo uma ampla gama de áreas de conhecimento. São promovidos pela Vice-Direção de Extensão e Assuntos Comunitários em parceria com a Coordenação do Curso de Psicologia. As diversas propostas são apresentadas semestralmente e envolvem atividades como cursos, oficinas, seminários, encontros, palestras, exposições, concursos, workshops, dentre outros.

Além das práticas de extensão descritas nos documentos institucionais e nos relatórios anuais, o Curso de Psicologia da Faccat busca oferecer aos alunos, professores e à comunidade diferentes atividades de extensão, mediante cursos e projetos executados com a comunidade, através da Vice-Direção de Extensão e Assuntos Comunitários. Esses cursos de extensão são promovidos com a finalidade de atender à demanda trazida diretamente pelo corpo discente e pelos profissionais da região em diferentes áreas do conhecimento – a partir de lista de interesse – e de fornecer fundamentação teórico-prática às ações de intervenção comunitária, instrumentalizando-os tecnicamente. Através dessa iniciativa, os alunos têm a oportunidade de trazer sugestões quanto aos conteúdos que deverão compor os cursos ofertados e podem indicar profissionais para ministrar essas atividades.

As atividades de extensão comunitária são realizadas mediante articulações entre a Vice-Direção de Extensão e Assuntos Comunitários, o Curso de Psicologia e a comunidade regional. As ações são coordenadas pelo Centro de Serviços em Psicologia (Cesep) ou por projetos de pesquisa conduzidos por professores do curso com carga horária destinada para essa finalidade. Compreendem intervenções que objetivam a promoção de saúde nos mais variados campos de atuação do psicólogo. Em consonância com os objetivos do Curso de Psicologia da Faccat, as intervenções são realizadas mediante articulação entre ensino e pesquisa, através de atividades de mapeamento de necessidades e proposição de alternativas para o enfrentamento de dificuldades da comunidade.

Diversas ações são articuladas a partir do levantamento de necessidades e características apresentadas pelo contexto regional. Essas intervenções contribuem significativamente para a concretização do perfil do egresso, baseando-se em competências e habilidades profissionais que exigem o estabelecimento de novas perspectivas e ações.

As ações de extensão são desenvolvidas junto à comunidade local através de palestras, de intervenções breves ou contínuas de promoção à saúde mental, de atividades de orientação profissional e da realização de pesquisas. Ampliando as possibilidades de inserção da Psicologia, o curso desenvolve ações em instituições educativas, de assistência social e de saúde, entre outras. Há uma preocupação em se manterem ações junto à comunidades formadas por pessoas em situação de vulnerabilidade social. Nesse contexto, é percebida como urgente a intervenção com foco na promoção de saúde, capacitando a população para o exercício de sua cidadania, aquisição de novos hábitos de vida e para uma convivência multicultural, baseada no respeito à diferença.

O Cesep, como campo principal de ações de extensão comunitária do Curso de Psicologia, articula programas de extensão comunitária em localidades carentes de serviços de atendimento às demandas sociais básicas. A inserção dos acadêmicos na comunidade dá-se através da realização de ações de intervenção em escolas, postos de saúde, entre outros, planejadas durante os estágios básicos e profissionais e executadas mediante supervisão dos docentes do curso.

O Curso de Psicologia da Faccat, através das ações desenvolvidas pelo Cesep e de pesquisas, preconiza a manutenção de intercâmbio com outras instituições. Buscam-se continuamente parcerias com centros de saúde, conselhos tutelares e redes de apoio social, uma vez que essas instituições desenvolvem projetos com finalidades semelhantes às propostas pelo curso.

As atividades de extensão estão em consonância com o Código de Ética Profissional do Psicólogo, tanto no detalhamento das intervenções propostas, quanto na condução das atividades. Há uma preocupação com o encaminhamento de participantes aos serviços de assistência médica, social, psicológica ou jurídica quando surgem questões que ultrapassem a abrangência das proposições da extensão. Esses serviços são oferecidos mediante parcerias e ações em rede (Cesep, Posto de Saúde, Promotoria da Infância e Juventude, por exemplo).

Entende-se que as atividades de extensão permitem a atuação do futuro psicólogo junto à comunidade, contribuindo com o processo de formação para a construção de uma realidade social mais humana. As ações pressupõem o compromisso dos acadêmicos de Psicologia com os sujeitos e processos envolvidos na trama social, fornecendo subsídios para seu crescimento pessoal e profissional.

As atividades de extensão comunitária privilegiam a ênfase no desenvolvimento nos acadêmicos das competências almejadas pelo Projeto Pedagógico do Curso, minimizando aspectos clínicos e enfatizando uma avaliação sistemática do contexto que fundamente o planejamento de intervenções em vários níveis sociais. Sendo assim, a promoção de saúde é pautada na perspectiva interdisciplinar, compreendendo a importância de integrar os diferentes elementos que compõem a comunidade.

O Curso de Psicologia da Faccat mantém-se comprometido com a melhoria da qualidade de vida de toda a população, envolvendo-se também em projetos amplos, como o estabelecimento de políticas públicas no país. Além disso, também busca participar de eventos promovidos pela comunidade do Vale do Paranhana e projetos de âmbito nacional, disponibilizando serviços de atenção à saúde em feiras, encontros regionais, assim como em parcerias de trabalho com outras instituições do Estado.